Obras tornam estradas mais rápidas e seguras no Estado

Início » Obras tornam estradas mais rápidas e seguras no Estado

Melhorias em quatro rodovias administradas pela EGR beneficiam condutores e passageiros de cerca de 30 mil veículos por dia.

EGR / divulgação

EGR é responsável por 900 quilômetros de rodovias que conectam diferentes regiões do Rio Grande do Sul

Desde a reparação e restauração do pavimento até o alargamento de pista e a construção de um viaduto, as rodovias gaúchas estão em obras para melhorar a viagem de quem se desloca pelo Estado. Quatro das ERS mais transitadas estão na etapa final de transformações. Em uma delas, a ERS-115, em Gramado, as alterações foram concluídas recentemente. As melhorias das ERS-040, no entroncamento com a ERS-118, da ERS-239, em Taquara, e da ERS-235, em Nova Petrópolis, devem ficar prontas até o final do ano.

 A conclusão dos trabalhos deve proporcionar mais segurança e fluidez a condutores e passageiros dos 30 mil veículos que trafegam diariamente pelos locais. O objetivo é proporcionar uma viagem mais agradável, com conforto e segurança, a quem se desloca a trabalho, a turismo ou para visitar familiares. Além das intervenções, os trechos recebem revitalização de sinalização e contam com serviços de guincho e ambulância.

 – Essas obras darão maior fluidez em trechos que levam, principalmente, a destinos turísticos como o Litoral Norte e a Serra. Ao mesmo tempo, garantirão a segurança dos moradores que utilizam os acessos às rodovias para trabalhar, estudar e voltar para casa – salienta o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella.

 Além de prevenir acidentes e melhorar a qualidade de vida de quem utiliza as estradas, estas e outras obras em andamento contribuem no aprimoramento da logística de distribuição do que é produzido no Estado.

 – O escoamento da produção e o transporte de cargas ganham eficiência e beneficiem a economia como um todo – afirma o diretor-presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), Urbano Schmitt.

 A EGR é responsável por 900 quilômetros de rodovias que conectam diferentes regiões do Rio Grande do Sul. Conheça, abaixo, algumas das melhorias que estão sendo realizadas.

 As obras

EGR / divulgação
ERS-040: entrega da obra, prevista para até o Natal, deve se tornar um marco importante para a regiãoEGR / divulgação

ERS-040, no entroncamento com a ERS-118 (da Região Metropolitana ao Litoral) – 13 mil veículos/dia

 A construção de um viaduto deve solucionar um dos principais gargalos do trânsito do local, que liga a Região Metropolitana e o Litoral Norte. Demanda antiga dos moradores, a entrega da obra, prevista para até o Natal, deve se tornar um marco importante para a região, movimentada especialmente em períodos de veraneio. Com o viaduto, parte do tráfego se dará por cima dele, liberando um dos pontos de conflito. Após a conclusão de um dos lados do viaduto, a equipe trabalha no segundo lado da estrutura, no qual já foram instalados os pilares. Com 60% da obra concluída, os próximos passos são a colocação das vigas e das lajes. Também estão em execução os encontros em ambos os lados e o muro de contenção da rua lateral. Depois do término deste muro, o tráfego poderá ser desviado para esta rua lateral. O investimento é de R$ 20 milhões. Os motoristas devem ficar atentos à sinalização do local, que conta com desvios durante o período de obras.

 

EGR / divulgação
ERS-239: previsão é de que a duplicação seja concluída até o final do ano, melhorando as condições de segurança do trânsitoEGR / divulgação

ERS-239, no Vale do Paranhana – 5 mil veículos/dia

 A duplicação da ERS-239, em Taquara, deve oferecer mais segurança e fluidez à via. A obra abrange um trecho de 2,6 quilômetros entre o entroncamento com a ERS-020 até o início da ponte sobre o Arroio Tucanos. O local contará com uma travessia inferior ligando as ruas Osvaldo Aranha e Nilo Dias, além de duas interseções. Com 70% das melhorias já concluídas, inicia-se, agora, as etapas de terraplenagem, pavimentação e a construção da passagem inferior, onde falta apenas a pavimentação interna. A previsão é de que a duplicação seja concluída até o final do ano, ou antes, melhorando as condições de segurança do trânsito no local. A obra ainda busca trazer maior fluidez ao tráfego. Até a conclusão, o trecho permanecerá bloqueado, com um desvio por vias urbanas de Taquara. O investimento é de R$ 10,1 milhões.

EGR / divulgação
ERS-115: recebeu alargamento de pista do km 30 ao 35 – agora há terceira faixa entre os km 23 e 37EGR / divulgação

ERS-115, em Gramado – 7 mil veículos/dia

 O maior polo turístico do Estado, que tem grande fluxo de turistas, recebeu alargamento de pista do km 30 ao 35 – agora há terceira faixa entre os km 23 e 37, possibilitando ultrapassagens mais seguras e maior fluidez para quem sobe em direção à Serra. Além de diversas obras de restauração e manutenção de pavimento, a EGR realizou melhorias na entrada do bairro Três Pinheiros, em Gramado. Este acesso, com alargamento de pista, garante mais segurança para quem acessa a rodovia. Estes investimentos somam mais de R$ 5 milhões.

EGR / divulgação
ERS-235: conclusão está prevista para até o fim do ano, e o investimento foi de R$ 2,7 milhõesEGR / divulgação

ERS-235, em Nova Petrópolis – 5 mil veículos/dia

 Uma nova rótula que está sendo construída junto ao bairro Pousada das Neves, garante mais segurança para os condutores da cidade e para os visitantes que trafegam por ali. A implantação da interseção fica localizada no km 2,6 da ERS-235. A conclusão está prevista para até o fim do ano, e o investimento foi de R$ 2,7 milhões.

Via: gauchazh