O que saber ao se adquirir um trator agrícola

Início » O que saber ao se adquirir um trator agrícola
O que saber ao se adquirir um trator agrícola

Hoje em dia, são disponíveis no mercado de tratores agrícolas uma ampla variedade de modelos e marcas de equipamentos de forma a atender uma grande diversidade de demandas. Os diferentes fabricantes de tratores agrícolas têm elaborado catálogos técnicos para disponibilizar algumas das mais importantes informações a respeito de seus produtos. Abaixo listamos algumas dessas características:

Potência – Um dos primeiros itens a serem verificados nos tratores agrícolas é a sua potência. Medida através da unidade Cavalo Vapor (CV), é essa característica que irá dizer como e se o equipamento em questão será capaz de desempenhar as funções às quais será designado, bem como a forma como conseguirá desempenhar esse tipo de trabalho.

Há uma série de fatores que influenciam na escolha da máquina a ser utilizada dependendo de sua potência: o tipo de solo onde o trator irá atuar, a natureza da operação a ser realizada, os implementos utilizados, entre vários outros.

Torque máximo – O torque é um valor definido pelo produto vetorial entre a distância e a força da alavanca. O Newton metro (Nm) é sua unidade de medida no sistema internacional, e esse valor é o segundo item, numa questão de importância, a ser analisado em um trator.

Normalmente, essa medida vem, no catálogo dos tratores, com dois números e um @ entre eles. Por exemplo, o valor de 190 Nm @ 1500 rpm quer dizer que o motor desenvolve um torque máximo de 190 newton metros a 1500 rotações por minuto.

Reserva de torque – A reserva de torque é uma importante característica dos tratores agrícolas responsável por representar a capacidade de adaptação que o motor apresenta em uma tarefa na qual há perda de rotação em um esforço adicional – e, no entanto, é capaz de sobrepor essa dificuldade devido ao aumento de torque do motor.

Transmissão – A transmissão do trator agrícola é o mecanismo que o possibilita a troca de marchas, cuja necessidade varia de acordo com as condições momentâneas relativas à força e velocidade necessárias para que a máquina pesada possa realizar uma determinada tarefa.

Existem hoje modelos de tratores agrícolas com os mais diferentes tipos de transmissão, que por sua vez são desenvolvidos com diferentes tipos de tecnologia de forma a apresentarem um número variável de marchas.

Essa característica, por consequência, possibilita maior variação de velocidade – resultando em um melhor desempenho para o trator agrícola, uma vez que oferece mais opções de combinação entre rotação e velocidade por parte do motor.

Alimentação de ar do motor – Há diferentes tipos de alimentação de ar do motor do trator agrícola, que são responsáveis por o auxiliar a apresentar maior potência – entre eles, podemos listar: o Aspirado, Turbo Alimentado e Turbo Alimentado com Intercooler.

Consumo de combustível – O consumo de combustível é um importante valor para a economia na operação agrícola, e pode ser medida através da verificação de uma relação de litros (de combustível) por hectare ou por hora trabalhados.

Consumo específico – Dependendo do tipo de operação à qual o trator agrícola é designado, ele demandará diferentes faixas de potência. Uma operação de plantio, por exemplo, tende a exigir mais potência do que uma operação de pulverização.

O consumo específico (cuja unidade de medida é gramas por quilowatt hora – g/kW.h) mede a relação de consumo por potência, e trata-se de um importante parâmetro quando se tem o objetivo de comparar o consumo de combustível em tratores de diferentes potências.

Esses são alguns dos principais itens a serem conferidos no momento de se adquirir um trator agrícola. Lembre-se de sempre ter o contato de um profissional capacitado para fazer uma consulta mais segura de cada um deles.

Possui alguma outra dúvida a respeito do assunto? Entre em contato conosco!